Animais Fantásticos e Onde Habitam

 

186997_1gg

 

O livro é narrado por Newt Scamander, onde durante suas aventuras, vai atrás de seres fantásticos. É um estudo da magizoologia, termo criado por J. K. Rowling para designar aquelas criaturas que possuem poderes que uma criatura normal não possui.

O livro de mesmo nome é usado em aulas por Harry Potter e seus amigos no decorrer da série.

O filme tem lançamento amanhã (17/11).

maxresdefault

 

Anúncios

Aniversários de Maio

maio

Matilda – Roald Dahl

Assim como muitos, acredito eu, já assistiram ao filme Matilda na sessão da tarde da Rede Globo. Eu sempre adorei o filme, sempre achei tão mágico, uma menininha tão novinha ser apaixonada por livros, é meio que uma inspiração hehe. Depois de muito tempo, descobri que havia “o” livro, que serviu de inspiração para o filme (ou seja, a muito tempo estava na minha lista, mas era difícil achar).

Esse foi o terceiro livro do autor Roald Dahl que li (já li a Fantástica Fábrica de Chocolate e James e o pêssego gigante) e como sempre, foi um livro fantástico. Eu quero todos os livros desse autor agora, estou amando os livros dele.

 

matilda2 MdF

 

O livro conta a história de uma menina de nome Matilda que sempre foi rejeitada pelos pais , nunca conseguindo se encaixar na família, aprendendo a se virar sozinha desde quando ainda era muito nova. Aprendeu a ler sozinha, e encontrou nos livros os amigos que sempre quis.

A história começa a se desenrolar quando Matilda, então já com os seus 6 anos, começa a frequentar a escola. Lá conhece a querida professora, Srta. Mel, com quem acaba fazendo uma grande amizade e também a terrível diretora Sra. Taurino.

20131113_193345

“Todos os dias Matilda passava horas na Biblioteca, lendo um livro atrás do outro. Mas, quanto mais ela lia, mais aumentavam os seus problemas. Os pais passavam o tempo todo vendo televisão, e achavam estranha a menina gostar de ler. A diretora da escola achava Matilda uma fingida, pois não acreditava que uma criança tão nova pudesse saber tantas coisas.”

É claro que o livro trás muitas mensagens por entre as linhas, mas vai de cada pessoas reconhece-las.

E o que mais me fascinou também, foram as obras que Matilda lia na biblioteca. Após ler todos os livros infantis, ela começou a ler muitos clássicos, e muitos que eu mesma adoro. Segue a lista: Nicholas Nickleby, de Charles Dickens
Oliver Twist, Charles Dickens
Jane Eyre, de Charlotte Bronte
Orgulho e Preconceito, de Jane Austen
Tess, de Thomas Hardy
Kim, de Rudyard Kipling
O Homem Invisível, de H.G.Wells
O Velho e o Mar, de Ernest Hemingway
O Som e a Fúria, de William Faulkner
As Vinhas da Ira, de Jonh Steinbeck
Os Bons Companheiros, de J.B.Priestley
O Condenado, de Graham Greene
A Revolução dos Bichos, de George Orwell

matilda.

Feira do Livro – Joinville 2016

Siiiim, esse ano eu fui na feira do livro de Joinville e fiquei loucaaaaa lá! Tinham vários stands, cheios de coisas lindas, porém, nada com preço muito acessível. Claro que tinham os livros em promoção de 10 e 15 reais, mas nada que tinha interesse.

_20160420_213716

 

Eu simplesmente pirei quando encontrei Matilda. Sabe o que é você ficar a feira toda “eu preciso achar matilda! Eu preciso achar matilda!” . Foi então que achei e parecia aquelas crianças ganhando brinquedo de presente HAHAHAHA

Nesses livros todos aí gastei R$: 105,00 reais (muito louca). Mas foram ótimas compras e estou muito satisfeita.

Esopo: 10,00
Matilda: 30,00
BGA: 30,00
Perfume: 10,00
Invenção de Hugo Cabret: 25,00

Aniversários de Abril

ANIVERSARIOABRIL.jpg

21 de Março – Dia Mundial da Poesia

Siim! Hoje é comemorado o dia mundial da poesia!!

A poesia, é uma das sete artes tradicionais, pela qual a linguagem humana é utilizada com fins estéticos ou críticos, ou seja, ela retrata algo em que tudo pode acontecer dependendo da imaginação do autor como a do leitor. “Poesia, segundo o modo de falar comum, quer dizer duas coisas. A arte, que a ensina, e a obra feita com a arte; a arte é a poesia, a obra poema, o poeta o artífice.”

 

Deixo aqui uma poesia de Vinicius de Moraes que eu adoro.

AUSÊNCIA

 

Eu deixarei que morra em mim o desejo de amar os teus olhos que são doces
Porque nada te poderei dar senão a mágoa de me veres eternamente exausto.
No entanto a tua presença é qualquer coisa como a luz e a vida
E eu sinto que em meu gesto existe o teu gesto e em minha voz a tua voz.
Não te quero ter porque em meu ser tudo estaria terminado
Quero só que surjas em mim como a fé nos desesperados
Para que eu possa levar uma gota de orvalho nesta terra amaldiçoada
Que ficou sobre a minha carne como uma nódoa do passado.
Eu deixarei… tu irás e encostarás a tua face em outra face
Teus dedos enlaçarão outros dedos e tu desabrocharás para a madrugada
Mas tu não saberás que quem te colheu fui eu, porque eu fui o grande íntimo da noite
Porque eu encostei minha face na face da noite e ouvi a tua fala amorosa
Porque meus dedos enlaçaram os dedos da névoa suspensos no espaço
E eu trouxe até mim a misteriosa essência do teu abandono desordenado.
Eu ficarei só como os veleiros nos portos silenciosos
Mas eu te possuirei mais que ninguém porque poderei partir
E todas as lamentações do mar, do vento, do céu, das aves, das estrelas
Serão a tua voz presente, a tua voz ausente, a tua voz serenizada.

Gabriel Garcia Márquez

gabriel_garcia_marques

Gabriel José García Márquez, também conhecido como Gabo, nasceu na cidade de Aracataca, no dia 06 de março de 1927. Foi um escritor, jornalista, editor, ativista e político colombiano. Foi consagrado com o  prêmio Internacional Neustadt de Literatura em 1972, e o Nobel de Literatura de 1982 pelo conjunto de sua obra.

Continuar lendo